Página Inicial / Noticias / Prefeitura de Mato Grosso-PB pagou no mês de abril mais de R$ 18 mil reais a um gari

Prefeitura de Mato Grosso-PB pagou no mês de abril mais de R$ 18 mil reais a um gari

A prefeitura municipal de Mato Grosso no sertão paraibano, distante de João Pessoa 420 KM, talvez seja um dos poucos municípios que valorize e muito a profissão de gari.

A gestão de  Raimundo José de Lima (Doca), que foi eleito pelo PMDB ,fez um pagamento no dia 27/04/2017  no valor de R$ 18.740,00 ao senhor Raimundo Vieira da Silva por serviços prestados como gari na cidade.

Na gestão pública de Mato Grosso e de acordo com os dados do SAGRES-PB não existe Gari concursado, apesar do inchaço da folha e aumento do número de cargos comissionados e contratados.

Para efeito de comparação, o município iniciou o ano com 192 funcionários e de acordo com o SAGRES-PB em maio já tinha 235, só de cargos comissionados passou de 18 em janeiro para 52, em valores, o aumento também foi significativo, saindo de R$ 36.353,69  em janeiro chegando a R$ 81.790,02, além de criação de outros cargos gerando, gerando um aumento na folha, mas não sendo feito concurso e conseqüentemente criando cargo de gari.

Seu Raimundo Vieira da Silva foi pago através de um empenho de número 0000841, modalidade sem licitação.

Certo, alguém pode até pensar que seu Raimundo Vieira da Silva foi o único ou talvez tivesse recebido no seu nome e repassado para outras pessoas, mas no Sagres-PB consta outros nomes de pessoas que receberam recursos praticamente para o mesmo serviço.

Desde o início do ano algumas pessoas receberam para fazerem justamente o que um gari faz, ou seja, limpeza pública, com um valor por pessoa de R$ 862,04 no mês de janeiro (31/01/2017), foram no mínimo 5 pessoas, já em fevereiro(24/02/2017), pelo menos 6 pessoas receberam o valor de R$913,58 cada uma, dentre elas Pedro Pereira da Silva e Outros que no dia 31/03/2017 recebeu R$ 17.396,61 por serviços prestados na limpeza urbana.

No dia 03/03/2017 João Angelo Sobrinho e Outros recebeu R$ 3.650,00 para pagar folha de diaristas na limpeza urbana.

No dia 30/05/2017 Pedro Cosme da Silva por serviços prestados a limpeza pública o valor de R$ 21.551,00,  um valor superior que a do seu Raimundo, que aparece como gari, motivo da curiosidade jornalística.

Não que seu Raimundo ou qualquer outro profissional da limpeza urbana não mereça receber tal quantia, acho até que pelo risco de vida, já que os garis tratam muitas vezes com produtos que levem risco as suas saúdes, poderiam receber o justo, que está longe da realidade, mas esse valor supera as estatísticas.

Outro ponto, é o fato do município não realizar concurso para preenchimento de vagas existentes, mas ao mesmo tempo serve de cabide de empregos, como por exemplo, ter 7 assessores no gabinete do prefeito recebendo entre mil e seiscentos a três mil reais, além disso, vários cargos em comissão com valores que variam de R$ 937,00 chegando até R$ 3.333,33, recebido pelo chefe de departamento pessoal.

Além dos 52 comissionados, o município ainda tem 09 contratados por excepcional interesse público, ao valor de mais de onze mil e 05 empregos públicos ao valor total de R$ 5.261,00.

Vale ressaltar que nosso site está a disposição para esclarecimentos da gestão pública do município de Mato Grosso-PB.

Domício Filho

 

Sobre Domicio Filho

Você pode Gostar de:

Rapidinha. Casal é surpreendido fazendo sexo em carro a 110 km/h.

Um casal levou ao pé da letra a ideia de “rapidinha”. Em uma rodovia na …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *