Página Inicial / Brasil / Apenas quem entrou na Justiça terá direito a compensação da poupança

Apenas quem entrou na Justiça terá direito a compensação da poupança

Apenas quem entrou na Justiça em ações coletivas ou individuais poderão participar do acordo de compensação de perdas na poupança com a mudança dos planos econômicos nas décadas de 1980 e 1990. A decisão foi tomada por representantes de bancos e poupadores com respaldo do governo depois da divulgação do acordo de compensação das perdas nas cadernetas, na última segunda-feira (27/11).

Antes, a ministra da Advocacia-Geral da União, Grace Mendonça, havia aberto a possibilidade de incluir nas compensações consumidores que nunca entraram com ações judiciais.

As brigas entre os poupadores e os bancos se arrastam na Justiça há mais de duas décadas. Mais de um milhão de processos questionavam perdas provocadas por mudanças nos planos Bresser (1987), Verão (1989), Collor 1 (1990) e Collor 2 (1991).

Os poupadores dizem que nas trocas, a remuneração na poupança não era feita da forma devida, o que gerava perdas. Por outro lado, os bancos argumentam que seguiam as regras vigentes na época.

Fonte: Metropóles

Sobre Domicio Filho

Você pode Gostar de:

Por “vingança”, adolescente mata ex-namorada de 48 anos com 14 facadas

Um adolescente de 17 anos foi apreendido na madrugada deste domingo (10/12), após matar a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *